domingo, 30 de outubro de 2011

BRINCANDO DE SER FELIZ



Mês da criança! Vamos brincar de adivinhar?

A palavra é: Zona!

Zona é Porção, Região! Tipo, Zona cega: local que um transmissor não alcança; Zona de atrito: área em que o interesse político-econômico não encontra acordo; Zona do agrião: parte do campo em que disputa pela bola gera confusão; e Zona do meretrício: espaço em que se restringia o prostituir-se.

Prostituir? É desmoralizar, corromper, degradar, expor-se, tornar-se prostituto, produzir obras com o objetivo exclusivo de enriquecer desprezando princípios, ideias, e qualidade do trabalho, é aviltar-se por ações vergonhosas, indecorosas, é deixar-se corromper por suborno, favores, ou entregar-se à vida de pública devassidão. Tá no dicionário. Hein? Suborno, corrupção, devassidão pública? Nossa, seria esse local o Plenário?
 
Plenário? Quem respondeu pleno, completo, assembleia ou tribunal que reúne em sessão todos (ou quase todos) os membros, acertou! Plenário vem de pleno? Algo está errado. Certas Assembleias Públicas hoje seriam Vaziários? Ou Desocupários? ótimo o nome: locais nunca ocupados, reservados a sujeitos sem ocupação.

Voltando à zona que nos rege: figurativamente um local de ações vergonhosas é reconhecido como ZONA apenas. Seria essa a origem da ZONA ELEITORAL?

Para nossos irmãos portugueses a tal ZONA não existe. E por lá o Cartão de Eleitor se une ao Bilhete de Identidade, Cartão do Contribuinte, Cartão do Beneficiário da Segurança Social e ao cartão do Utente do Serviço Nacional de Saúde (Utente, palavra difícil por aqui; fácil por lá, onde o Poder Público reconhece existência e valor do Usuário).

Segurança Social, Serviço Nacional de Saúde e Beneficiário, aqui? Só se for Fantasma. Mas, nem tudo está perdido, as suas Obrigações de Contribuinte crescem a olhos vistos! Uma beleza!

É que os eleitos não se preocupam conosco, não lhes sobra tempo! A maioria dos senadores, deputados e vereadores anda atarefada assegurando a si mesma amplamente. Não? Fossem eles minoria as sobretaxas não seriam tão mais crescentes para o cidadão quanto mais comum ele é.

Então há que se perdoar os estressados homens públicos, principalmente quando tantos eleitores andam desejando que eles mostrem a verdadeira face por meio da votação transparente no Desocupário.

Enfim, pena, a ZONA saiu do meretrício; e no Atrito ela parte pro Agrião e fica Cega. Cega de ganância, luxúria, e indevidas facilidades. Ainda assim, na próxima eleição, você vai se dirigir à ZONA ELEITORAL mais próxima para escolher...
Hein? É... Chato isso! Mudando de jogo: Qual é, qual é o país em que...

1) partindo da capital, quanto mais pedágio se paga pior a estrada fica?

2) assassinos têm proteção estatal e recebem pensão para suas família, enquanto familiares de assassinados ficam à míngua e à mercê de mais insegurança?

3) crianças carentes passam fome proibidas de trabalhar; mas as crianças bem alimentadas têm permissão de exibir-se na mídia e ganhar milhões que os seus papais irão jogar fora?

4) doar bilhões para outros países tornou-se hábito (em troca de honoris causa?), mas não reconstrói cidades, escolas, hospitais, ou residências atingidas por suas próprias catástrofes?

5) armar os índios é bacana, mas considerá-los responsáveis é absurdo?

6) se tira a terra de quem produz para entregar a quem vai destrui-la e vendê-la?
 
7) se insiste há mais de oito anos no desarmamento dos homens de bem, sem desarmar os do mal?

8) se persegue há quase uma década uma falsa autorização popular para habilitar a censura?

9) o governo se diz contra os preconceitos, mas é o primeiro a criar regras e cotas preconceituosas?

Quem souber responder que finja ser feliz, ou, no medo, se cale para sempre.
 

3 comentários:

  1. Falou e disse Cecília. rs
    Quanto a sua dúvida sobre o pastilhado de madeira, eu acho que a pessoa que colocou na fachada, dever ter aplicado um impermeabilizante de casco de navio, e assumido o risco. Mas eu vou trabalhar com essa marca, e , assim que fechar a parceria, eu te falo.
    Bjus
    Paula Kasas
    A Moda em Acabamentos & Complementos

    ResponderExcluir
  2. Paula, é muito bom fazer uma pergunta num blog e obter uma resposta, clara e inteligente! Obrigadinha pelo super retorno!

    ResponderExcluir
  3. É o Brasiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiilllllllllllllllll

    ResponderExcluir

Que bom que quis comentar. Pode esperar que logo respondo. Obrigadinha.