sexta-feira, 13 de maio de 2011

Perdi o vestido... E daí?!


Hoje não era um dia como qualquer outro. Havia aquela festa! Super esperada. Mais esperada ainda porque sabia que estaria linda. E sabia disso porque nunca tinha se sentido tão bonita em roupa nenhuma! Pois é...

Dizem por aí que a mulher se veste para outra mulher. Verdade? Pode não ser o seu caso. Você é daquelas que se veste pra você mesma. Ótimo! Como tem que ser. Ué, e estar vestida para ele é vestir pra você, e por você! Então?

E depois, quanto mais gente olhar melhor! Assim, ele vai se perguntar como foi que você quis ser só dele, né? Não? VoCê acha que depende? Por quê?

Ah...Tá certo! No melhor da festa você perdeu o vestido! Todo mundo ficou olhando... E acha que essa não é a melhor forma de ser admirada em público... Tá certa! Ainda se fosse só você e ele... Ele quem, o vestido? Não! Digo você e o amado. Não que ele vá ajudá-la a ficar com o vestido. Por ele, você pode jogar o vestido fora, claro!

Mas você ama a roupa e nunca esperou que aquela senhorinha fosse tropeçar e cobrir a sua roupa de vinho tinto. Ah, não foi nada disso? Esbarrou no candelabro no meio da mesa e encheu o tecido de cera quente? Ou era uma tropifest e a fruta suculenta em que você deu uma mordidinha, de leve, feito Eva no paraíso, escorreu o sumo na linda saia rodada? E agora tem certeza absoluta de que perdeu o seu mais deslumbrante vestido para sempre!

Perder um vestido assim é pior do que ficar pelada no meio do salão! Mas não se desespere. Existem soluções práticas.

Gordura em tecido delicado: talco em cima, na hora! Se não for possível obter o talco, quando chegar em casa umedeça o local, espere a mancha reidratar e coloque então o talco. Quando secar é só retirar o pó que chupou a gordura e lavar com o cuidado com que se lavam roupas delicadas.

Hein? Não sabe como é?

Lavando roupas delicadas: sabão neutro (de coco, líquido ou em flocos) e pra evitar esfregação, que dá aparência de antiguidade ao tecido, faça como na postagem "Travessuras de travesseiro", neste blog. Mas lembre-se que aqui falamos de um vestido suave, do seu adorado vestido, e não de um monte de paina sintética, ou penas de ganso afogado. Esprema com muito carinho. Faça de conta que está lavando a pele do seu bebê, ou `carinhando` o marido.

Mas quem falou que era mancha de gordura? E a cera quente?! Pior é que pra combinar com a festa as tais velas eram coloridas... Tinham um monte de corante! Tá bom...

Cera quente: É! a cera fica seca rapidinho, e penetra pra caramba! Então primeiro raspe o excesso ao máximo. Raspar como? Com uma colher de metal, dessas colheres mais simples, com as bordas mais finas e menos arredondadas do que os talheres mais chiques, ou então use a unha mesmo.

Aliás raspe sempre, antes de outras providências, todo o excesso de qualquer tipo de mancha que não seja totalmente líquida com a colher(vômito por exemplo - ahrgh - mas qual mulher não entra em contato com bebês, ou com bêbados?). Tá, no caso da cera até que dá pra usar a unha!

Bom... continuando: tábua de passar, sobre ela o vestido, sobre o vestido o papel pardo, e finalmente sobre o papel pardo o ferro de passar morno. Vá transferindo a cera que está no tecido para o papel, mudando a posição do papel até que ele tenha chupado toda a cera. Se o colorido do corante resistir aplique alcool metílico.

E o vinho tinto? Para esse há dois sistemas, um é jogar vinho branco imediatamente. Parece mentira? Mas funciona mesmo! Já fiz o processo mais de uma vez. Depois enxugue o máximo de líquidos com papel, ou outro tecido absorvente. As vezes o que está à mão é o guardanapo. Fazer o quê? Não tem tu, vai tu mesmo! O outro meio é o nabo. Se estiver num jantar japonês, vai encontrar nabo com facilidade. Pois é... Nabo. Esfregue o tal sobre o vinho ou suco de uva derramado, mesmo que ele esteja raladinho. Você vai se surpreender. Pode continuar aproveitando a festa; vai ter sumido a mancha escura. Mas não deixe de, depois, em casa, lavar com cuidado a sua amada roupinha.

Falando em suco de frutas... Um alvejante natural para suco de frutas é o sumo do limão. Qual restaurante, ou festa deixa de ter limão? Se a mancha for recente pode usar álcool metílico também. Ah,que pena! Só reparou quando chegou em casa e a mancha já estava seca? Uma solução de água morna e glicerina em partes iguais pode resolver o seu problema!

Poxa, não era sobre nenhuma dessas manchas que queria falar?

Chocolate, chá, bolor, desgaste, suor, urina e até água? Tudo bem, a gente conversa mais outro dia. Hoje é sábado, não perca o humor, o juizo, nem a roupa!


Bjins! :)

Autoria: Cecilia Ferreira

3 comentários:

  1. DO LAR = show !!!! Qtas "dicas".

    ResponderExcluir
  2. muuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuito bom !

    ResponderExcluir
  3. Venha sempre Anônimo(a). Adorei ter você por aqui!

    ResponderExcluir

Que bom que quis comentar. Pode esperar que logo respondo. Obrigadinha.